Daquela janela 

Daquela janela ela olhava

Daquela janela a vida passava 
Daquela janela nada se perdia

Nem mesmo um dia 
Daquela janela ela pensava

Como a vida era tudo e nada 
A imagem em destaque foi extraída daqui 🙂

Anúncios

Poeminha de Domingo.

psiu, a imagem em destaque foi extraída daqui, isso daqui, clica 🙂

Amaré,
Amar é
Ah! Amar
Amar até quando a maré encher e transbordar.
E quando a maré encher que ainda exista amor para pegar outro copinho e encher tudinho.
E assim… de pouquinho em pouquinho meu amorzinho vai completando outro potinho um pouquinho.

Segundando

psiu, a imagem em destaque foi extraída daqui, isso clica aqui (;

Caminhando ela vai

Andando ela vai

Em plena segunda, segundando.

 

Naquela segunda feira nebulosa eu achei que fosse te encontrar, mas não; não só não encontrei como o que encontrei foi eu mesma, num caco de espelho encostado em uma parede qualquer no meio daquela avenida onde costumávamos passear e caminhar, naquelas segundas. Me encontrei no espelho, na avenida e na vida, naquela segunda.