Semana de Novidades

Ual. Quanta coisa boa que rolou na semana que passou no blog! É hora do resumo semanal, preparados?

Segunda feira é dia de revirar o baú e encontrar aqueles escritos que por tanto tempo eu não mexia com eles. O texto mudanças foi o escolhido da vez para ser postado. Ele traz um pouco da experiência que tive morando com a minha irmã em São Paulo por alguns anos e o dia que me mudei de casa, o dia que cada uma foi para a sua casinha.

 

Terça feira foi dia de trazer novidades para o blog. Finalmente rolou a primeira parceria do blog com a Aflora Acessórios e o post de terça foi sobre bullying e sobre amor próprio.  O que você acha do bullying? Você conhece alguém que sofre com ele? Falamos dele no post e compartilhamos um pequeno spoiler do que está por vir por aqui no blog.

 

Quarta feira é dia de recomendação de filmes e séries, o filme da vez foi o meu preferido de todos os tempos, o fabuloso destino de Amelie Poulain. Falei um pouco do filme, do que me encanta nele e de como ele foi produzido.

 

Quinta feira é dia de recomendação literária e para não trazer um livro só mas vários livros dentro do mesmo, eu escolhi falar dos cem melhores poemas do século. A poesia é uma das artes que está em um acervo permanente, porém em constante mudança através dos olhos de seus espectadores. O que você acha da poesia? Falei um pouco dela nesse post.

Sexta feira chegou e com ela a playlist da semana também. Uma das playlists que eu mais gosto para trabalhar e me concentrar eu compartilhei com vocês… Como falamos dela essa semana que passou eu não poderia pensar em outra playlist a não ser a do filme o F.D de Amelie Poulain. O que acharam da playlist? Em breve ela estará no Spotify.

Sábado é dia de poesia e estou trazendo novidades para vocês, como toda novidade envolve uma mudança, a poesia de sábado teve a ver com isso: mudanças. O que será que vem por aí? Só posso afirmar que é coisa boa, em?

Bom, espero que tenham gostado dos posts da semana. Um beijo e até os próximos. ❤

p.S a imagem em destaque foi extraída daqui

Playlist Amelie Poulain

Amelie Poulain gosta dos detalhes da vida, das pequenas coisas e sente prazer nelas. Seu pai e sua mãe também. Amelie é uma garçonete em um restaurante no pacato bairro de Montmartre, onde todos conhecem ou quase conhecem todos.

 A fotografia do filme é intimista e utiliza-se de cores quentes, porem, hoje o blog quer falar da trilha sonora que foi composta por Yann Tiersen, aquela trilha sonora que você escuta e se inspira para trabalhar, dar uma volta, dançar até cansar e amar. 

A playlist de hoje é a trilha sonora do filme O Fabuloso Destino de Amelie Poulain, em breve estará hospedada no spotify. Enquanto isso curta por aqui a trilha sonora completa. 

Os cem melhores poemas do século

p.S a imagem em destaque foi extraída daqui

A poesia parece estar mais do lado da música e das artes plásticas e visuais do que da literatura. Ezra Pound acha que ela não pertence à literatura e Paulo Prado vai mais longe: declara que a literatura e a filosofia são as duas maiores inimigas da poesia.

De fato, a poesia é um corpo estranho nas artes da palavra. É a menos consumida de todas as artes, embora pareça ser a mais praticada (muitas vezes, às escondidas). Uma das maiores raridades do mundo é o poeta que consegue viver só de sua arte. 

(…)

Poesia é a arte do anticonsumo. A palavra “poeta” vem do grego “poietes = aquele que faz”. Faz o quê? Faz linguagem.

Isso é o que consta sobre poesia no livro O que é comunicação poética, de Décio Pignatari. A poesia é uma das artes que se encontra em um acervo permanente, mas em constante mudança através dos olhos de seus espectadores. Falar de poesia não é uma tarefa fácil, mas eu recomendo que você, antes de encarar o livro que é recomendação de hoje: Os cem melhores poemas brasileiros do século, leia o livro O que é comunicação poética, de Décio Pignatari, onde o autor explica o passo a passo da poesia; dessa forma ficará mais fácil entender o livro dos poemas e interpretar as poesias.

O livro é dividido em quatro partes: Abaixo os puristas, Educação Sentimental, O cânone brasileiro e Fragmentos de um discurso vertiginoso; onde em cada parte, Italo Mariconi — organização, introdução e referências bibliográficas — vai te contar um pouco sobre cada parte dessa história que se chama Poesia Brasileira.

Outra dica que te dou, caro leitor, antes de você encarar esse livro é acessar o tumblr poesia brasileira para conhecer outros grandes poetas brasileiros, que estão escondidos, aqueles que você não estudou certamente na escola, aqueles que você não escutou sequer falar. A poesia brasileira é um mar para amar, olha só, até rimou, será que dá uma poesia?

O livro vale super a pena ler e como todo livro de poesia que recomendo, digo mais uma vez: é legal porque você pode ler uma por dia sem a preocupação de ter que ficar acompanhando a história capítulo por capítulo, você pode abrir em qualquer página, escolher uma e ler.

Boa leitura, depois deixa nos comentários o que você achou do livro e da recomendação?

Abraços ❤

O Fabuloso Destino de Amelie Poulain

2001. Ano de lançamento do filme que eu só iria assistir pela primeira vez em 2012. O Fabuloso Destino de Amelie Poulain. O que esse título remete para você de lembrança ? É bom? Surpreende? É ruim? Tem um sentimento de nostalgia?

O filme de Jean Pierre Jeunet estreou em 2001 nos cinemas e traz como personagem principal Amelie Poulain, interpretada pela brilhante Audrey Tautou. A personagem de A. T. trabalha como garçonete em um restaurante em sua fase adulta, após ter saído de casa anos após da morte de sua mãe.

Um dia, dentro de seu apartamento, deixa cair a tampa do frasco de um perfume, que bate no rodapé e abre um buraco. Amelie descobre uma caixa ali dentro e , acreditando pertencer ao morador antigo, decide que vai entregar para ele, mas não só entregar. Entregar e esperar a reação.

Mais do que um filme que fala sobre o viver, ele fala dos detalhes de viver e como viver esses detalhes. Detalhes como o que as personagens gostam ou não, o que incomoda e o que faz feliz e o que você deveria fazer. Amelie é uma personagem que gosta de interferir no destino dos outros, de maneira cômica o filme trata desses detalhes, sem contar que a fotografia é intimista e utiliza-se de cores quentes. Para além disso o filme conta o destino de Amelie Poulain, depois de ela ter interferido tanto no destino das outras pessoas. O que será que acontece com ela? Uma mulher que mora sozinha, paga suas contas e observa a vida passar no pacato bairro de Montmartre, localizado em Paris — França.

O filme te faz viajar e da vontade de começar a ajudar as pessoas na rua, como Amelie faz em uma cena que ajuda um cego atravessar a rua. Vale a pena conferir. Depois me conta nos comentários o que você achou? 😉

Vamos falar de Bullying?

Quando eu era adolescente eu me achava sempre diferente das outras garotas, mas não, não era pro lado de “se achar” e sim pro lado literal da coisa. Eu acha que era esquisita e feia, não me arrumava para nada, muito menos para ir até a escola. Pra que? De que ia adiantar se no final das contas as pessoas me olhavam e me julgavam? Julgavam meu cabelo, meu óculos, meu aparelho, o fato de eu não ir bem em matemática, julgavam tudo até e inclusive o tamanho do meu pé, afirmando que ele era grande demais, tamanho 42. 

Eu não sabia muito bem o que isso era, até descobrir que existia um nome para todas essas coisas que as pessoas diziam que “era só brincadeira”, o nome disso é bullying. 

Bullying é uma palavra americana que significa assédio moral. Você gostaria de ser asssediado? Pois é, agora imagina isso por 365 dias! Não é nada legal. 

O tempo passou e eu saí da escola, o bullying sumiu da minha vida mas tem pessoas que sofrem com isso até hoje, sofrem por não se encontrarem em um padrão, quando na verdade o que eu acredito é que não tem que existir um padrão para você se encaixar, você deve aceitar você como você é! Dane-se o que os outros vão pensar, se vão achar seu cabelo horrível, suas unhas não feitas, se sua altura não está boa ou não… pense primeiro em você, quem você gostaria de ser? Você está bem com a pessoa que é? Então seja, se você quiser ser essa pessoa, se aceite e aceite a sua beleza natural, deixe ela aflorar em você. 

O blog vem hoje anunciar sua primeira parceria com AFlora Acessórios, uma marca de bijuterias que tem o propósito de levar estilo e personalidade para o seu dia a dia, fazendo peças selecionadas para você. Na próxima terça sai mais um post com fotos das peças. Confira abaixo um pequeno spoiler do que está por vir :

Espero que tenha gostado, tem muito mais vindo por aí 😉

Mudança

p.S a imagem em destaque foi extraída daqui

11/01/2013 11:18

Acabou. Eu navego e me transporto para outro lugar que ainda não sei qual é, mas vou descobrir. Um ano depois de cinco, um ano que não parece que se passaram cinco. A convivência nesses cinco e em um ano… Tudo voltou à tona. Foi uma boa experiência, apesar das turbulências maiores do que as de avião.

Ela gosta de dormir com o quarto fechado, eu gosto de dormir com a janela aberta.
Eu prefiro encosta a cama na parede, para que meu celular fique ao meu lado.
Ela não gosta de cama encostada na parede, talvez porque ache que vá arranhar a tinta.
Pois é, ela mesma pintou o quarto e até no chão dormiu de cansaço.
Eu não consigo ser uma pessoa muito organizada
Ela consegue, ela é extremamente organizada.
Ok, talvez eu devesse ser assim algumas vezes, com algumas coisas, tipo com a minha conta bancária.

Eu gosto de muitas músicas boas, musicas antigas, mas também gosto daquelas modinhas, que tocam na Jovem Pan, sabe?
Ela detesta quando eu coloco essa música, mas mesmo assim, as vezes consegue abrir um sorriso e fazer uma piadinha sobre isso.
Eu tenho um sério problema com a rotina, principalmente quando é a rotina da minha dieta, sou daquelas pessoas que diz que começa na segunda e só recomeça na outra segunda,
Ela não… Ela firme e forte, vai até o fim, segue a risca, mesmo que as vezes roube um pedaço de bolo ou jante coxinhas e bolinhas de queijo em uma quinta à noite.
Eu admiro a forma como ela fala tão bonito sobre qualquer coisa, qualquer coisa mesmo.

Cinco anos longe, seis de diferença, um de experiência.
Apesar de tudo, foi uma ótima experiência, de verdade.
Acabou. Eu navego e me transporto para outro lugar.

Semana inspiradora

A semana passou no blog e tudo foi muito produtivo, desde produzir o começo do fim do conto da Clarice, quanto finalizar o conto. Isso tudo aconteceu segunda e terça. Ufa! Segura esse forninho, Gio. Gostaram do final do conto? Acharam que tinha que ser de outra forma? Pois é, eu mudei várias vezes a história, mas na realidade, uma história nunca tá totalmente finalizada, não até que a gente passe ela pra um livro, por exemplo.

Quarta feira, dia de recomendar uma série ou filme… Eu escolhi recomendar a série Love, da netflix, que é uma série que vai falar de amor, pois, afinal de contas, é necessário falar do amor, mesmo aquele que já estamos cansados de ver ou ouvir sobre. A série trata dos dois pontos de vista, do homem e da mulher, como é um relacionamento moderno preso às tradições.

Quinta feira chegou e a recomendação literária foi de novo poesia. Escolhi dessa vez Manuel Bandeira, um dos autores que teve como seu quarto livro de poesia Libertinagem, livro este o qual recomendei para vocês. Libertinagem é um livro que você pode ler uma poesia por dia, essa é a delícia da poesia, ler uma por dia sem se preocupar com a continuação da história.

Sexta feira é para relaxar de vez no blog e a playlist que montei foi inspirada na série Love. Com 10 músicas só para dar aquele spoiler básico, hospedei a playlist completa com mais de 30 músicas no spotify. Aliás, já foi conferir o resto das playlists que tem por lá? É só me seguir: beatriz biella. ❤

Sábado foi dia de poesia aqui no blog; a poesia desta semana foi dedicada ao bar Cinza que tem na cidade de Santos. Escuto toda movimentação daqui de casa, vejo o movimento da janela e me inspirei nesse movimento para construir a poesia da semana.

Espero que tenham gostado dessa semana no blog, este foi mais um resumo semanal de tudo que rolou por aqui. Um beijo e até amanhã. ❤

pS a imagem em destaque foi extraída daqui (;

Playlist Love

A série Love da netflix foi criada por Jude Apatow, Paul Rust e Lesley Arfin é uma série que mistura comédia, drama e romance.  Contando as histórias dos relacionamentos fracassados de Mickey e Gus a série coloca dois personagens distintos cara a cara, um nerd que gosta de reunir seus amigos para fazer música e uma garota descolada que trabalha na rádio da cidade, mora com uma colega de quarto e tem um relacionamento cheio de idas e vindas.

Mickey e Gus enfrentam um sério problema: como lidar com relacionamentos sérios? Mais do que isso, como falar de amor? Aliás, o que é o amor? Os protagonistas da série estão de saco cheio dos romances tradicionais, mas até deles é necessário falar e para isso a série coloca uma trilha sonora que combina com o tema amor. Hoje, aqui no blog, vamos apresentar um pouco dela; o resto está hospedado no spotify e para acessar é só clicar aqui.

Do you love me now – The Breeders

So Good – B.o.B

Gosh – Jamie xx

Play The Game – Queen

Lovers’ Walk – Elvis Costello And The Attractions

Wild One – Colleen Green

Feel My Pain – Kurt Vile

The Golden State – John Doe

 Bet You Never Thought – Brighton MA

L.O.V.E – Extreme Music

Se você gostou, compartilhe com seus amigos, comente e curta.