Cursinho

O texto que você vai ler a seguir é sobre minha impressão no meu ano de cursinho em 2011, um ano após ter saído da universidade. Será que mudei de pensamento em seis anos?
20/09/2011 00:24
Hoje (20.09.11), me dei conta que o vestibular está chegando. Primeiramente, Unicamp. Segundo: Fuvest e a lista continua… Até Janeiro.
As pessoas me disseram no começo do ano: Cursinho? Prepare-se para não ter vida, não namorar, não beijar, não sair de casa. O cursinho começou dia 01.03.11… Até agora já são: 7 apostilas, milhares de folhas e incontáveis livrinhos das matérias. A decisão sobre o que eu faria de faculdade não demorou para chegar: Letras. A partir da menção dessa faculdade o discurso mudou: Letras? Para que você faz cursinho? A nota de corte é 28! Você vai ser professora o resto da sua vida (Até o meu professor de gramática disse isso). Opostamente, minha professora de biologia disse: Letras? Vai fundo, eu tenho uma aluna que trabalha em uma editora e hoje está escrevendo um livro sobre biologia.

Bom… Eu não deixei de sair, não deixei de beijar (hehehehehe) e não deixei de sair de casa. Acho que a vida é questão de equilíbrio. Não adianta nada você só estudar e não ter ninguém para comemorar sua vaga na universidade. Penso eu que um dia que você sai, não mata. Aí você, leitor, me diz: “Ai mas vai atrapalhar meu relógio biológico”. Ou ainda: “Eu estudo para medicina, não posso perder tempo”. E eu respondo: Perca um dia descansando antes das provas mas não sua vaga na universidade. Adquira conhecimento sem perder sua vida. Com certeza você está pensando: Ela só está falando isso porque vai prestar letras, queria ver se fosse engenharia/medicina. Caro leitor, a questão não é o quanto você estuda e sim o que você estuda. Não se desespera.

Ano de cursinho você: Vira urso polar; Se alimenta mal ou bem demais; Acha sempre que sabe menos e nunca vai conseguir. Hoje,eu chorei na sala de aula porque pensei: Não vou conseguir, não vou passar nem da primeira fase. A minha amiga, Ana Isabel, disse: Você tá ficando pirada, vai pra casa hoje e para de se preocupar demais.

A conversa que você escuta nos corredores: Nossa, to com 10 módulos atrasados de física; química; matemática; biologia. E eu penso: Eu tenho 7 apostilas atrasadas de química/física/matemática. Você vai dizer: Nossa, ela tá nem aí. Pelo contrario, eu to MUITO aí com a minha primeira fase… Depois eu penso na segunda.

Eu não sei se já citei aqui… Eu gosto das coisas com calma, não corro para faze-las. Por isso, se você vai prestar algum curso concorrido na melhor faculdade do país… Não se desespera não. Pensa: Eu estou estudando para isso. Cada dia que você estuda, nem que seja uma matéria, um módulo… Você está sim adquirindo conhecimento para o vestibular. Desde a hora que você liga a televisão e assiste as notícias até o momento que você sai da sala e escuta tudo o que disseram.

Conhecimento é bom, mas exageradamente faz mal.

Anúncios

2 comentários em “Cursinho

  1. “Adquira conhecimento sem perder sua vida” Achei isso brilhante! E é isso mesmo. Só quem passa por isso sabe como é. Continua assim Bia! Estuda, corra atrás dos seus sonhos, porém, valorize as pessoas que te amam. Te amooo! rs Beijo s2

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s