Curamente.

Pensei sobre as relações

Sobre o ser e o humano

Sobre o coração e a mente

Sobre o pulso e o pulsar.

Milhares de pessoas vem e vão da nossa vida, mas afinal, o que se leva dela e deles?

O amor? O ódio? Tudo… Nada.

Um segundo, uma vida, tudo muda, os planos e a cabeça.

Estamos em constante mudança por sermos inconstantes, inacabados, inquietos apesar de às vezes parecemos inquebráveis;

Inquiétamente

Inquieta é a mente, e o coração? Nada.